Este blog destapa o que alguns se esforçam por encobrir

20
Out 11

Em Junho de 2005 quando  Campos e Cunha  era ministro das Finanças de Sócrates, acumulava o seu ordenado com a reforma do cargo de vice-governador do Banco de Portugal Recebia por mês, no total, cerca de 15 mil euros - oito mil de reforma e 6759 por ser ministro.

Campos e Cunha reformou-se do cargo do Banco de Portugal aos 49 anos de idade, depois de ter exercido funções como vice-governador durante seis anos consecutivos, entre Janeiro de 1996 e Abril de 2002. Quando Campos e Cunha cessou as suas funções, em 2002, a ministra das Finanças de então, Manuel Ferreira Leite, recusou renovar o seu mandato.
Quando chegou ao Governo, Luís Campos e Cunha - o ministro que pretende recolocar as contas públicas em ordem com um pacote de medidas de austeridade já apresentado na Assembleia da República - não abdicou da sua reforma.

 “Público de 03.06.2005”

 

Realmente esta “gentinha” não se enxerga. Pregam uma coisa e praticam outra.

publicado por ogrilofalante às 09:26

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12

21

25
27
28

30